Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização da técnica de RNA de interferência (RNAi) para avaliar a participação do receptor purinérgico P2X4 na diferenciação neuronal in vitro

Processo: 04/10606-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Alexander Henning Ulrich
Beneficiário:Camila Galvão Lopes
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/08827-4 - Modulação artificial da diferenciação neuronal e função de receptores por oligonucleotídeos sintéticos atuantes aos níveis gênico e protéico, AP.JP
Assunto(s):Diferenciação neuronal   Neurobiologia   RNA   Biologia molecular

Resumo

O desenvolvimento do sistema nervoso de vertebrados é baseado no desenvolvimento e proliferação de células neuroepitelials conforme o padrão temporal de expressão gênica. Este processo é altamente controlado e envolve a ação de fatores de diferenciação, peptídeos, proteínas e receptores que desencadeiam importantes mudanças morfológicas e moleculares, as quais acabam resultando num sistema nervoso funcional (Matsas, 1997; McKay, 1997). Sabemos receptores purinérgicos estão envolvidos na diferenciação tecidual, (Ryten e cols, 2002) e acreditamos que os receptores purinérgicos possam estar envolvidos na diferenciação neuronal. O receptor purinérgico P2X4 é expresso no sistema nervoso e pouco sensível ao antagonista suramina e ao agonista me ATP e a 2-me ATP, agonistas e antagonistas purinérgicos. Dados do laboratório demonstram que a expressão do receptor P2X4 é regulada durante a diferenciação neuronal in vitro das células P19. Este receptor foi detectado em células indiferenciadas por RT-PCR e imunofiuorescência, tendo redução de sua expressão nos estágios neuronais de diferenciação e voltando a ser detectado em fases do processo onde há em cultura neurônios e glias. O α, β-metileno ATP em experimentos realizados provocou a redução de tamanho de corpos embriônicos atuando na fase de early differentiation. Como não existem inibidores específicos para P2X4 algumas ferramentas como SELEXe RNAI tornam-se importantes, pois agem de forma específica na proteína e no mRNA respectivamente. Neste projeto o desenvolvimento do RNAi nesses receptores possibilita estudos sobre participação do receptor P2X4 do modelo diferenciação neuronal in vitro de células P19. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.