Busca avançada
Ano de início
Entree

INFLUÊNCIA DE DIFERENTES NÍVEIS DE SALINIDADE DE SOLO SOBRE ASPECTOS MORFOFISIOLÓGICOS DE MUDAS DE Eucalyptus urograndis.

Processo: 08/00544-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal
Pesquisador responsável:Antonio Evaldo Klar
Beneficiário:Thais de Camargo Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Relação solo-água-planta-atmosfera   Potencial hídrico

Resumo

A salinidade pode causar em espécies vegetais, redução do crescimento, fato este que afeta diretamente a produtividade de espécies agrícolas e florestais. Cada espécie ou cultivar se comporta de maneira distinta em relação à salinidade, ou seja, toleram determinados níveis, sem reduzir o seu rendimento potencial.Os íons Na e Cl têm apresentado em algumas espécies efeitos negativos quando presentes em substrato, como mudanças na capacidade de absorver, transportar e utilizar alguns dos nutrientes afetando as características fisiológicas das plantas (CRUZ et al., 2006).O objetivo do proposto estudo é avaliar a influência de diferentes níveis de salinidade de solo sobre parâmetros fisiológicos de mudas de Eucalyptus urograndis. O experimento deverá ser conduzido em casa de vegetação no Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu-SP, utilizando-se de vasos plásticos preenchidos com solo contendo doses de NaCl, em quantidades suficientes para elevar o nível de condutividade elétrica. O experimento será realizado em blocos casualizados com 5 tratamentos e 10 repetições. Serão utilizados os seguintes níveis de salinidade: 1,41; 2,50; 4,50; 6,45 e 8,33 dS m-1.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: