Busca avançada
Ano de início
Entree

Crocodilomorfianos cretácicos da Bacia Bauru: avaliação de ocorrências e de seu potencial paleobiogeográfico e biocronológico: ênfase no clado Sebecosuchia

Processo: 04/05128-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2004
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Paleozoologia
Pesquisador responsável:Reinaldo José Bertini
Beneficiário:Andre Eduardo Piacentini Pinheiro
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Paleobiologia   Paleobiogeografia   Paleoecologia   Deposição de sedimentos   Fósseis   Sebecosuchia

Resumo

Na América do Sul são encontrados representantes fósseis da Ordem Crocodylia das subordens Sphenosuchia, Mesoeucrocodilia e Eusuchia, sendo que no Brasil ocorrem somente meseucrocodilianos e eusuquianos. Muito dos achados do Sudeste se concentram em depósitos sedimentares da Bacia Bauru, que abrange uma área com cerca de 350.000Km2, ocorrendo em grande parte de Oeste de São Paulo, Noroeste de Paraná, Sudeste de Mato Grosso do Sul, Triângulo Mineiro, Sul de Goiás e Norte de Mato Grosso. Tendo em vista ocorrências significativas de crocodilomorfianos na Bacia Bauru, e projeto tem como objetivo preliminar levantar informações paleobiológicas, paleoecológicas, estratigráficas e tafonômicas disponíveis para todas as ocorrências até o momento na literatura especializada, assim como visitas a localidades fossilíferas da Bacia Bauru que contenham restos crocodilomorfianos que permitam obtenção de dados úteis para reconstituição de habitats, hábitos, Paleoecologia, fossilização e idade dos restos em questão. Será dado enfoque especial para os fósseis da infraordem Sebecosuchia, mesoeucrocodilianos que exibem um crânio relativamente longo e outras características que permite inferir hábito terrestre, ainda pouco estudados. Apesar do grande número de publicações sobre crocodilomorfianos fósseis sul - americanos, não existem trabalhos que abordem Paleobiogeografia, Biocronologia e Paleoecologia de maneira ampla, para os achados da Bacia Bauru. (AU)