Busca avançada
Ano de início
Entree

Construção de um novo plasmídeo para expressão de proteínas heterólogas fundidas com a GFP (Green Fluorescent Protein)

Processo: 01/10069-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2002
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Flavio Henrique da Silva
Beneficiário:Fernando Corrêa
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14138-2 - Center for Structural Molecular Biotechnology, AP.CEPID
Assunto(s):Expressão de proteínas   Proteínas de fluorescência verde   Proteínas recombinantes

Resumo

A GFP (Green Fluorescent Protein) é utilizada em várias pesquisas de atividades biológicas, tendo como uma de suas principais funções a sinalização da expressão gênica. Plasmídeos expressando a GFP têm sido utilizados para subclonagem de genes e fragmentos de DNA, sendo a seleção de recombinantes realizada diretamente sob luz UV. Na maior parte das vezes, a inserção é feita de forma a interromper a fase de leitura do gene GFP, impedindo sua expressão. Desta forma, os não recombinantes brilharão sob luz UV, enquanto os recombinantes não. Neste trabalho temos como objetivo a produção de um novo plasmídeo para expressão de proteínas, o qual permitirá a verificação de quais colônias são recombinantes, pois quando expostas à luz UV ficarão verdes, devido à fusão da proteína de interesse com a GFP. Caso o plasmídeo não seja recombinante, a GFP fora de fase de leitura, não proporcionará o brilho verde ficando as colônias brancas. Também será possível a produção de proteínas mais solúveis, pois neste plasmídeo a proteína de interesse estará fundida à thiorredoxina. Entre as fusões estão desenhados sítios para clivagem com a protease enteroquinase, o que possibilitará a separação da proteína de interesse da GFP e da thiorredoxina. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.