Busca avançada
Ano de início
Entree

Transferência de marcadores microssatélites para as espécies florestais Eugenia glazioviana Kiaersk. e Myrciaria cauliflora (Mart.) o. Berg. (Myrtaceae)

Processo: 09/02714-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Ana Lilia Alzate Marin
Beneficiário:Ariany Rossi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/04199-4 - Uso de marcadores SSR na análise genética de árvores matrizes vs. populações derivadas que formam parte do Banco de Germoplasma da Floresta da USP-RP, AP.JP
Assunto(s):Recursos genéticos   Conservação   Diversidade

Resumo

A família Myrtaceae possui por volta de 1000 espécies florestais brasileiras, incluindo diversas espécies frutíferas. Apesar da versatilidade ecológica e da vasta aplicação econômica encontrada para as Myrtaceae neotropicais, poucos trabalhos populacionais e de diversidade genética foram realizados no Estado de São Paulo para importantes espécies como Eugenia glazioviana e Myrciaria cauliflora. Os marcadores microssatélites (SSR) constituem uma importante ferramenta para estes estudos. No entanto, sua utilização é limitada devido ao alto custo e tempo para o desenvolvimento de primers específicos para cada espécie. Daí a necessidade de se realizar estudos de transferência de marcadores moleculares (primers heterólogos) já desenvolvidos para uma espécie alvo, permitindo a disponibilidade desta ferramenta de análise genética para outras espécies de Myrtaceae. Dentro da família Myrtaceae, primers desenvolvidos para Eucalyptus ssp. foram transferidos para Acca sellowiana, Eugenia dysenterica e Eugenia uniflora, sendo utilizados com êxito. Outros marcadores SSR, desenvolvidos para E. uniflora, também foram transferidos com sucesso para E. pyrifomis, E. brasiliensis e E. myriophylla. Assim, o presente trabalho tem como objetivo realizar estudos de transferência dos primers desenvolvidos para E. uniflora, Eucalyptus ssp. e Melaleuca alternifolia para E. glazioviana e M. cauliflora, além de padronizar seu uso nessas espécies florestais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA-RAMOS, RONAI; GUERRIERI ACCORONI, KLAUS ALVARO; ROSSI, ARIANY; GUIDUGLI, MARCELA CORBO; MESTRINER, MOACYR ANTONIO; MARTINEZ, CARLOS ALBERTO; ALZATE-MARIN, ANA LILIA. Genetic diversity assessment for Eugenia uniflora L., E. pyriformis Cambess., E. brasiliensis Lam. and E. francavilleana O. Berg neotropical tree species (Myrtaceae) with heterologous SSR markers. Genetic Resources and Crop Evolution, v. 61, n. 1, p. 267-272, JAN 2014. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.