Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo químico de microrganismos marinhos de sedimento e associados à ascídia Eudistoma vannamei: substâncias com potencial antitumoral e antimicrobiano

Processo: 08/10832-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:João Luis Callegari Lopes
Beneficiário:Marcio Adriano Andreo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Espectrometria de massas   Antineoplásicos   Química de produtos naturais

Resumo

Historicamente, os esforços na busca de produtos naturais marinhos foram concentrados em invertebrados marinhos tais como esponjas, ascídias, corais e briozoários. Embora vários estudos mostrem que estes invertebrados são uma importante fonte de novos compostos de interesse biológico, é bastante difícil obter suprimentos quantitativamente adequados e renováveis destes compostos a partir da natureza. Neste contexto, alguns estudos apontam que vários produtos naturais marinhos anteriormente descritos para invertebrados marinhos são, na verdade, metabólitos secundários produzidos por microrganismos associados a estes animais. Por sua vez, os microrganismos marinhos desenvolveram um metabolismo único e capacidades fisiológicas que não apenas garantiram sua sobrevivência em ambientes extremos, mas também proporcionaram potencial para a produção de metabólitos nunca dantes observados para organismos terrestres. O presente projeto de pesquisa visa explorar os microrganismos marinhos do litoral cearense, presentes no sedimento e associados à ascídia Eudistoma vannamei, em busca de compostos que possam se tornar novas drogas antitumorais e antibióticas. Serão estabelecidas metodologias analíticas com a utilização de técnicas hifenadas, tais como HPLC-ESI-MS/MS para a rápida identificação dos compostos de interesse nos extratos dos caldos das estirpes de bactérias isoladas, gerando novos conhecimentos acerca dos microorganismos encontrados no litoral brasileiro, em sua maioria desconhecidos química e biologicamente. Sendo uma linha de pesquisa inovadora, este estudo se torna de grande importância à capacitação de pessoal para ocupar este nicho ainda carente de formação humana, mas muito promissor para a descoberta de novas drogas.