Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do hipotiroidismo experimental, induzido em ratas durante a gestação, no comportamento do sistema renina-angiotensina cardíaco da prole

Processo: 09/12207-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria Luiza de Morais Barreto de Chaves
Beneficiário:Caroline Antunes Lino
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/01489-5 - O sistema renina-angiotensina em prole de mães submetidas a alterações no ambiente perinatal, AP.TEM
Assunto(s):Cardiomegalia   Sistema renina-angiotensina   Fisiologia cardiovascular

Resumo

O Sistema Renina-Angiotensina está sob influência direta dos níveis plasmáticos dos hormônios tiroideanos e parece apresentar um importante papel na modulação do trofismo cardíaco. Embora a associação entre estes dois sistemas endócrinos tenha sido já observada em indivíduos adultos, não se tem conhecimento a respeito da existência desta interação durante o desenvolvimento do sistema cardiovascular, período ao longo do qual o coração representa importante alvo de ação destes dois sistemas hormonais. É cada vez maior o enfoque que as pesquisas científicas têm dado á necessidade do melhor conhecimento a respeito das alterações fisiopatológicas que podem influenciar o ambiente perinatal.Contudo, o objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos da manipulação dos níveis plasmáticos de hormônio tiroideano materno durante o período gestacional nos componentes do SRA da prole. Ratos Wistar serão acasalados e nas primeiras horas após a verificação da ocorrência de fecundação as fêmeas serão separadas e divididas em dois grupos experimentais - grupo controle e grupo induzido ao hipotiroidismo. Após o sacrifício da prole, coração e plasma serão rapidamente retirados para análise da expressão gênica e protéica tecidual de Angiotensina II, receptores AT1 e AT2, ECA e renina. A expressão desses componentes será avaliada em diferentes fases do desenvolvimento da prole: no 17º e 20º dia do período embrionário (ED 17 e ED 20, respectivamente) e no 1º dia neonatal (ND1).