Busca avançada
Ano de início
Entree

Eixo imune-pineal: caracterização das vias de sinalização intracelulares ativadas por interferon-gama (IFN-y) em pineais de rato

Processo: 10/12087-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Regina Pekelmann Markus
Beneficiário:Leila Eliza Barbosa Lima
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/07871-6 - Eixo Imune-Pineal: produção endócrina e parácrina de melatonina em condições de injúria, AP.TEM
Assunto(s):Melatonina   Interferon gama

Resumo

Em mamíferos, a melatonina, hormônio liberado pela glândula pineal no escuro, traduz para o meio interno a alternância claro/escuro ambiental. Nosso grupo de trabalho vem demonstrando que, além deste papel de fototransdutor, a glândula pineal também participa ativamente da montagem e resolução de respostas inflamatórias (Markus et al., 2007). No início de um processo inflamatório ocorre a inibição da síntese de melatonina e, conforme o quadro vai sendo resolvido, uma compensação entre mediadores pro- e anti-inflamatórios restaura a produção noturna de melatonina restabelecendo as condições de higidez. Por outro lado, células imuno-competentes estimuladas passam a produzir melatonina no local da lesão. A esta alternância entre produção central e produção periférica de melatonina foi dado o nome de Eixo Imune-Pineal. Já descrevemos o papel do fator de necrose tumoral (TNF) e do lipopolissacarídeo (LPS) marcador de bactérias gram-negativas sobre a função pineal. Estes agentes ativam a via de transcrição do fator nuclear de transcrição kappa B (NFKB) bloqueando a produção de melatonina induzida por noradrenalina. O objetivo do presente estudo é avaliar as bases moleculares dos efeitos da citocina interferon-gama (IFN-y) sobre as vias de ativação dos fatores de transcrição JAK/STAT e NFKB em pinealócitos de rato em cultura. Esta citocina faz parte das produzidas em uma resposta inflamatória e, ao contrário do TNF, que ativa a via NFKB, esta ativa a via JAK/STAT. Este estudo ampliará o entendimento da ação de citocinas sobre a pineal, ampliando o entendimento do Eixo Imune-Pineal, além de propiciar excelente base para uma iniciação científica.