Busca avançada
Ano de início
Entree

Neologia e composição no português brasileiro contemporâneo

Processo: 07/01072-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Ieda Maria Alves
Beneficiário:Debora Koizumi
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neologismos lexicais   Formação das palavras   Português do Brasil

Resumo

A observação sistemática da neologia lexical no subprojeto Base de Neologismos do Português Brasileiro Contemporâneo, integrada ao Projeto Observatório de Neologismos Científicos e Técnicos do Português Contemporâneo (Projeto TermNeo), tem mostrado que os neologismos por composição correspondem a cerca de 32% das unidades lexicais neológicas coletadas. Representadas por diferentes estruturas (substantivo + substantivo, adjetivo + adjetivo, verbo + substantivo...; bases livres + bases presas, bases livres + base livres...), por diferentes modos de junção (subordinação ou coordenação), por empregos metafóricos em alguns dos elementos componentes, as formações compostas representam um importante processo de formação de palavras no português contemporâneo. Neste projeto de Iniciação Científica, a orientanda estudará as formações compostas da Base de Neologismos do Português Brasileiro Contemporâneo, a partir de 2001, com ênfase nos seguintes aspectos: observar a freqüência de cada tipo de estrutura; observar os elementos em vias de gramaticalização; observar os elementos empregados em função metafórica; subsidiar o estabelecimento de critérios que permitam a classificação do composto, formado com bases livres, em compostos por subordinação ou compostos por coordenação; subsidiar o estabelecimento de critérios que permitam a classificação de diferentes tipos de compostos.