Busca avançada
Ano de início
Entree

Teleparalelismo: fundamentos e aplicações

Processo: 09/14379-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:José Geraldo Pereira
Beneficiário:Felipe França Faria
Instituição-sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gravitação quântica   Teleparalelismo   Teoria de Gauge   Espaço de De Sitter   Relatividade especial

Resumo

O equivalente teleparalelo da relatividade geral, o qual corresponde a uma teoria de gauge para o grupo das translações, vem se mostrando uma alternativa promissora para tratar vários aspectos da gravitação. Pretendemos nos aprofundar no estudo teórico da formulação teleparalela, procurando firmar as bases da teoria, bem como reconsiderar algumas questões específicas de gravitação, analisadas desde o ponto de vista teleparalelo. Em particular, o interesse estará concentrado principalmente em questões fundamentais, como por exemplo o problema da definição de inércia, e a questão da energia do campo gravitacional. De outra parte, existe hoje em dia um consenso de que a relatividade especial, cuja cinemática é governada pelo grupo de Poincaré, deixa de ser válida próximo à escala de Planck. Como consequência, novas cinemáticas têm sido estudadas, as quais são conhecidas na literatura como doubly (ou deformed) special relativity. A maior parte desses modelos pressupõe uma violação da simetria de Lorentz. Uma alternativa a esses modelos é a relatividade de deSitter, a qual pressupõe uma violação, não da simetria de Lorentz, mas da simetria de translação. Pretendemos analisar as consequências dessa violação para o teleparalelismo, bem como estudar possíveis implicações para a gravitação quântica. (AU)