Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da expressão de metalotioninas em cana-de-açúcar (Saccharum Spp) induzidas por cobre (Cu)

Processo: 01/10227-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2001
Vigência (Término): 30 de junho de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Antonio Vargas de Oliveira Figueira
Beneficiário:Matheus Romanos Benatti
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Saccharum   Genomas   Expressão gênica   Cobre   Metais

Resumo

Vários cátions metálicos são micronutrientes essenciais por serem co-fatores de sistemas enzimáticos. A presença de cátions metálicos nos tecidos vegetais podem promover a produção de formas ativas de oxigênio quando não se apresentam dentro de concentrações adequadas. A contaminação do ambiente com metais resultante de atividades industriais, agrícolas, urbanas ou mineradoras, consiste numa preocupação global crescente, pois ameaçam a qualidade de águas e solos. As plantas possuem mecanismos de resistência a metais; que incluem a quelação de metais a um ligante, seguida da compartimentalização do complexo. As plantas contém 2 principais peptídeos quelantes, as metalotioninas (MTs) e fitoquelatinas, que utilizam a coordenação dos metais com resíduos de cisteína. As MTs são proteínas pequenas, ricas em cisteínas, traduzidas a partir de mRNAs, associadas com a desintoxicação de metais em fungos e animais e, cuja função em plantas ainda permanece obscura. As MTs podem ser classificadas em 4 grupos de acordo com a distribuição dos resíduos de Cys. Em plantas, a expressão de MTs induzidas por metais pode variar com a espécie, tecido e tipo de MT, e é influenciada por reguladores de crescimento e agentes citotóxicos. Com a identificação de MTs no projeto SUCEST, este trabalho objetiva o estudo da expressão e regulação desses genes induzidos em várias concentrações de Cu em cana, visando fitorremediação para restauração de áreas contaminadas. (AU)