Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade inseticida dos produtos técnicos Acetamiprid e Imidacloprid em iscas tóxicas para Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera, Formicidae)

Processo: 08/05730-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Forti
Beneficiário:Felipe Montebelli Motta
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Formigas cortadeiras   Saúva   Controle químico   Inseticidas   Imidacloprida

Resumo

Durante o desenvolvimento do projeto será avaliado o efeito inseticida dos ingredientes ativos acetamiprid e imidacloprid, que possuem características desejáveis como baixo coeficiente de partição e baixa pressão de vapor, para confeccionar iscas tóxicas, tendo em vista que a sulfluramida, o ingrediente ativo mais comercializado atualmente, será retirado do mercado nos próximos anos, devido a problemas de bioacumulação e por estar incluída na lista de poluentes orgânicos persistentes. As formigas serão coletadas em Botucatu-SP e mantidas no Laboratório de Insetos Sociais-Praga, Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA)-UNESP. Os ingredientes ativos (i.a.s) serão formulados em pastas palatáveis feitas com farelo de polpa de cítrica. Serão realizados experimentos com concentrações de 1; 0,1 e 0,01% dos i.a.s comparadas com sulfluramida e polpa cítrica sem ingrediente ativo. O experimento será composto de 10 tratamentos e 4 repetições, sendo cada repetição constituída de um recipiente com 20 operárias isoladas das colônias. A mortalidade e os sintomas de intoxicação serão avaliados até 21 dias após a aplicação. Os sintomas de intoxicação serão analisados pela atribuição de notas e as taxas de mortalidade medianas serão corrigidas pela fórmula de Abbott, ajustando os resultados obtidos com a classificação que será utilizada. A análise de dados será realizada com base na classificação utilizada para Atta sexdens rubropilosa, descrita por NAGAMOTO et al. (2004), com as classes determinadas pela atividade inseticida ao longo do tempo. (AU)