Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do fator estimulante de colônia de granulócitos (G-CSF) sobre as plaquetas e megacariócitos de cães com linfoma submetidos à quimioterapia e transplante autólogo de medula óssea

Processo: 07/08757-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Ana Paula Massae Nakage Canesin
Beneficiário:Ana Lívia Motta Silva
Instituição-sede: Pró Reitoria de Graduação. Centro Universitário Barão de Mauá (CBM). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Cães   Plaquetas sanguíneas   Linfoma   Megacariócitos   Células-tronco   Transplante de medula óssea

Resumo

O linfoma é a neoplasia hematopoética mais freqüente em cães, sendo que, o tratamento recomendado é a quimioterapia, cujo fator limitante é a mielotoxicidade. A reconstituição hematopoética pode ser promovida pelo transplante autólogo de células-tronco obtidas na medula óssea. Entretanto, anteriormente ao transplante, o animal deve ser submetido a uma terapia imunossupressora para evitar a rejeição ao transplante. A fim de que essa imunossupressão não leve o animal à morte, por uma neutropenia séptica, recomenda-se a administração do G-CSF, uma citocina de linhagem específica que estimula a proliferação e maturação neutrofílica. Entretanto, alguns estudos relatam que a aplicação de G-CSF promove redução na contagem plaquetária em cães submetidos à irradiação. No presente protocolo experimental será realizada a contagem de plaquetas e megacariócitos de dois grupos experimentais. O grupo 1 será o grupo controle, o qual será constituído por cinco cães sadios que receberão G-CSF no mesmo período que o grupo 2. O grupo 2 será composto por cinco cães com linfoma submetidos ao protocolo quimioterápico de Madison-Wisconsin, transplante autólogo de medula óssea e administração de G-CSF. A contagem plaquetária e megacariocítica será feita antes do transplante de medula óssea, antes e após a administração de G-CSF. Portanto, o objetivo deste ensaio é avaliar o efeito da administração do G-CSF sobre o número de plaquetas e megacariócitos em cães com linfoma submetidos à quimioterapia mielossupressora e transplante autólogo de medula óssea.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.