Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo qualitativo de frações polares de extratos de inflorescências de calêndula (Calendula officinalis L., Calenduleae, Asteraceae): comparações entre diferentes condições de cultivo

Processo: 09/00940-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Norberto Peporine Lopes
Beneficiário:Eduardo Felipe Alves Fernandes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/02176-7 - Conservação e uso sustentável da diversidade do Cerrado e da Mata Atlântica: diversidade química e prospecção de medicamentos potenciais - fase II, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Produtos naturais   Extratos vegetais   Calendula   Sistemas de cultivo   Metabólitos secundários   Cromatografia líquida de alta eficiência

Resumo

A família Asteraceae reúne diversas espécies com reconhecida capacidade biossintética. A gama de metabólitos secundários produzidos por elas pode resultar em efeitos terapêuticos ou tóxicos. A espécie Calendula officinalis (Linné) é originária do mediterrâneo e vem sendo aclimatada em todo o mundo. No Brasil seu cultivo data da época da colonização, sendo utilizada tanto para fins medicinais como ornamentais. Apesar de vários estudos terem isolado e identificado diversas classes de metabólitos secundários em extratos de C. officinalis, apontando o potencial terapêutico, em diversos situações, não se conhece qual é a influência da composição do solo na biossíntese destes metabólitos. A verificação da variabilidade da produção de metabólitos secundários em diferentes condições de cultivo poderá ser de grande utilidade no estabelecimento de condições que maximizem a produção de determinados metabólitos. Para tal, a utilização de metodologia analítica rápida, eficaz e que proporcione identificação inequívoca das classes químicas, como o CLAE-DAD-MS, se faz necessária. O estudo destas possíveis variações certamente contribuirá para a produção de extratos vegetais padronizados e com maior concentração de ativos em C. officinalis no Brasil.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALVES FERNANDES, EDUARDO FELIPE; MELONI, FERNANDO; BORELLA, JULIO CEZAR; LOPES, NORBERTO PEPORINE. Effect of fertilisation and harvest period on polar metabolites of Calendula oficcinalis. REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA-BRAZILIAN JOURNAL OF PHARMACOGNOSY, v. 23, n. 5, p. 731-735, SEP-OCT 2013. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.