Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da acao anti-staphylococcus aureus de extratos de plantas medicinais e possiveis interacoes com drogas antimicrobianas.

Processo: 03/10841-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2004
Vigência (Término): 31 de agosto de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ary Fernandes Júnior
Beneficiário:Joyce Elaine Cristina Betoni
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Antibióticos   Plantas medicinais

Resumo

Os produtos naturais vêm recebendo atenção especial por parte dos pesquisadores, sendo intensa a procura de substâncias que possuam ação antimicrobiana. O presente estudo tem por objetivo verificar a ação anti-Staphylococcus aureus de extratos de plantas, algumas destas muito utilizadas na medicina popular, tais como: Guaco (Mikania glomerata), Goiabeira (Psidium guajava), Cravo da índia (Syzygium aromaticum), Alho (Allium sativum), Capim-limão (Cymbopogon citratus), Gengibre (Zingiber officinale), Carqueja (Baccharis trimera) e Hortelã pimenta (Mentha piperita). A metodologia a ser utilizada será a diluição dos extratos em ágar e determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM). Em etapa seguinte, serão realizados ensaios in vitro para verificação de possíveis interações entre estes extratos com drogas antimicrobianas convencionais, utilizando a metodologia dos discos, conhecida como Kirby & Bauer. Tal estudo visa determinar o potencial do uso destas plantas como agentes potencializadores da ação de antimicrobianos convencionais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: