Busca avançada
Ano de início
Entree

A literatura em Sartre: liberdade, engajamento e consciência

Processo: 10/06876-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Alexandre de Oliveira Torres Carrasco
Beneficiário:Gustavo Fujiwara
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):Liberdade   Literatura   Consciência (percepção)   Fenomenologia (filosofia)

Resumo

Pretendo pesquisar a noção de engajamento e liberdade no ensaio crítico Que é a literatura?, do filósofo francês Jean-Paul Sartre por duas razões: em primeiro lugar, porque a noção de engajamento não se reduz a um mero engajamento político, ou seja, há uma profunda teorização desta noção que tem como base uma filosofia da consciência desenvolvida na Transcendência do Ego, e, mais tarde, no Ser e o Nada; em segundo, porque a liberdade fundamenta a noção de engajamento e é intrínseca para que possamos compreender o teor filosófico deste conceito. Estes dois temas da filosofia de Sartre são importantes para que possamos entender seu pensamento acerca da literatura engajada. Falar sobre a obra do filósofo francês Jean-Paul Sartre Que é a Literatura?, é fazer evocar a tessitura original da liberdade ao qual estamos todos condenados, é poder vislumbrar o engajamento em todo seu teor conceitual, ao contrário de uma definição pouco palpável, que se remete apenas ao mero engajamento voluntarista. Que é a Literatura? vai nos apresentar todo teor disso, que podemos chamar de objeto literário, colocará em presença a relação existente entre o leitor e o escritor, que pode ser entendida como a relação entre a leitura e a escrita. Ainda é preciso recordar, que, para Sartre, escrever é uma atividade que precisa se dar através da liberdade. Portanto, tentaremos nesta pesquisa, elucidar as noções de engajamento e liberdade, depois, prosa, leitor e autor. Para tal, será preciso que nos remetamos à seção I, Que é escrever?, a seção II, Por que escrever? e a seção III, Para quem se escreve?, todas presentes no ensaio crítico Que é a Literatura? e ao ensaio A Transcendência do Ego. (AU)