Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise ultra-estrutural de células mononucleares de medula óssea de cães - canis familiaris Linnaeus, 1758

Processo: 06/61566-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Maria Angelica Miglino
Beneficiário:Ana Carolina Melo Ladenthin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Medula óssea   Células-tronco mesenquimais   Cães

Resumo

Recentemente houve um grande direcionamento para as pesquisas com células-troco e terapia celular, em especial a célular-tronco mesequimal, devido a sua plasticidade, e por ser facilmente obtida a partir de vários tecidos. Há poucos estudos em relação ao comportamento destas células no organismo e a interação com o seu nicho, sendo estas informações essenciais para desvendar os mecanismos de estabelecimento e diferenciação das células-tronco após infundidas no organismo adulto. Desta forma o presente estudo, visa identificar morfologicamente as células-tronco mesenquimas fetais da medula óssea de fetos caninos com 30, 45 e 60 dias de gestação, estabelecendo suas características morfológicas ultraestruturais, somado a expansão das mesmas em cultura. As células mesequimais serão avaliadas microscopicamente com auxílio do microscópio, contraste de fase NIKON TS 100 e a fotodocumentação dos cortes ultrafinos serão realizados em microscópio eletrônico de transmissão EM 201. As células serão cultivas e sua expansão será avaliada periodicamente, em meio Eagle Dulbeco modificado-DMEN e, com soro fetal bovino, incubadas a 38,2ºC, umidade próxima a 100% e atmosfera gasosa de 5% de CO2. (AU)