Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma nova abordagem ao labirinto em cruz elevado como modelo animal de medo e ansiedade

Processo: 02/08025-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2002
Vigência (Término): 30 de junho de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Marcus Lira Brandão
Beneficiário:Lucas Albrechet de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/11187-2 - Neurobiologia do medo e da ansiedade, AP.TEM
Assunto(s):Ansiedade   Medo   Labirinto em cruz elevado   Testes de nocicepção   Proteínas proto-oncogênicas

Resumo

Situações ameaçadoras ou de perigo provocam comportamentos defensivos, alterações autonômicas e antinocicepção nos animais. O tipo de mediação neural e química subjacente a estas respostas aversivas parece depender do tipo e da intensidade do estímulo aversivo. Recentemente, demonstramos que o conhecido fenômeno "one- trial-tolerance", no qual os benzodiazepínicos perdem sua ação ansiolítica em ratos expostos pela segunda vez ao LCE, deve-se a predominância de comportamentos de medo no reteste, em contraste com os comportamentos associados à ansiedade prevalentes no primeiro dia de teste. Testes derivados do modelo do LCE têm sido propostos visando aperfeiçoar as ferramentas usadas para compreensão das bases biológicas das diversas facetas do medo e da ansiedade. Uma destas variações, o labirinto em cruz elevado com paredes transparentes, tem-se mostrado bastante útil na categorização de comportamentos associados ao medo e à ansiedade, consequentemente, resistentes ou sensíveis aos compostos ansiolíticos. Este projeto é um estudo comparativo entre o padrão de respostas comportamentais, a reatividade a estímulos nociceptivos e a expressão da proteína c-fos em áreas cerebrais em ratos testados no labirinto em cruz elevado convencional e no labirinto modificado com paredes transparentes. (AU)