Busca avançada
Ano de início
Entree

Excitação de ondas de Alfvén em tokamak TCABR

Processo: 06/59738-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Artour Grigorievich Elfimov
Beneficiário:Paulo Giovane Paschoali Pereira Puglia
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aquecimento   Tokamaks

Resumo

O programa de pesquisa de aquecimento de plasma e geração de corrente por ondas de Alfvén no tokamak TCABR do laboratório de Física de Plasma IFUSP está sendo desenvolvido experimentalmente. O tokamak TCABR (raio menor 18 cm raio maior 61.5 cm, campo magnético toroidal 1.1T) já funciona normalmente em regimes ôhmicos diferentes (corrente ôhmica 60-100kA, tensão de enlace 1-2 V, densidade linear de plasma 1-3*10^13 cm-3, temperatura de elétrons e íons estimadas de 400-600 eV e 150-250eV, respectivamente). O gerador de campo eletromagnético com radiofreqüência de 4-5,5 MH2 suporta potência de até 200 kW numa antena poloidal de 4 elementos, que produz os modos eletromagnéticos no vácuo com número de ondas poloidais M=+/-1 e toroidais N=1-8. Neste caso a eficiência do aquecimento com modos preferenciais (M=-1, N=-4) não é tanto alto (aumento de temperatura 80 eV) por causa do espectro largo dos modos toroidais. Um caminho para diminuir o número de modos não desejáveis (especialmente N=+/-1 que esquenta a borda de plasma) é Instalar novo modulo de antena (previsto no projeto temático de FAPESP 02/03632-3) mesmo tipo que já funcione com deferência e fase (0-PI). O objetivo do projeto de iniciação cientifica ensinar o aluno sobre o sistema de aquecimento de plasma por ondas de Alfvén e trabalhar com equipamentos eletrônicos para o teste o novo modulo nos regimes diferentes sem/com plasma. (AU)