Busca avançada
Ano de início
Entree

Geração e análise de um banco representativo de cDNAs de Bothrops insularis, focalizado a identificação de novas toxinas e a caracterização das sequências completas de alguns transcritos

Processo: 04/10803-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2004
Vigência (Término): 31 de julho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Inácio de Loiola Meirelles Junqueira de Azevedo
Beneficiário:Luciana Iwanaga Leao
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transcriptoma   Análise de sequência de DNA   Etiquetas de sequências expressas   Toxinas

Resumo

Nos últimos anos, as abordagens envolvendo a caracterização de transcriptomas de animais peçonhentos provaram ser um meio rápido, eficiente e menos laborioso de se descrever a composição de toxinas nesses animais, pelo menos do ponto de vista da expressão de seus genes. Num trabalho anterior geramos um banco de dados 610 Expressed Sequence Tags (ESTs) da serpente Bothrops insularis, cujo veneno apresenta características próprias por ter se desenvolvido em um ambiente com forte pressão seletiva. Os resultados desse trabalho permitiram o levantamento das principais toxinas presentes em seu veneno e a identificação de novas moléculas nunca antes encontradas e que estão sendo investigadas. No presente projeto, objetivamos a geração de um maior número de ESTs a partir das mesmas bibliotecas para garantir a presença de um maior número de seqüências não tão representativas dentro do transcriptoma da glândula de veneno de B. insularis. Conseqüentemente, faremos uma nova análise do banco de ESTs (incluindo agrupamento (clustering), anotação e as análises qualitativa e estatística das toxinas e proteínas celulares encontradas). Além disso, a fim de tomar o banco melhor aproveitável para identificação de proteínas, as seqüências de maior interesse serão completamente seqüenciadas através da técnica de "primer-walking". Dessa forma, esperamos compor um quadro mais representativo dos transcritos da glândula de veneno de 6, insularis e gerar um banco de cDNAs completos (full-length) de toxinas ofídicas. (AU)