Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação Metalográfica sobre os Valores de Tenacidade CTOD em Tubos API 5L X70 Soldados pelo Processo HF/ERW.

Processo: 10/06007-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Marcelino Pereira Do Nascimento
Beneficiário:Rodolfo Almeida Soldi
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/56424-5 - Avaliação da tenacidade em tubos de aços ARBL API X70 e API X80 soldados pelo processo HF/ERW, AP.JP
Assunto(s):Engenharia de materiais   Tenacidade à fratura

Resumo

Em razão dos grandes avanços obtidos nos recentes anos, tubos soldados pelo processo HF/ERW (High-Frequency/Electric Resistance Welding) têm desempenhado um papel mais ativo no setor de petróleo e gás para aplicações em águas profundas, em altas e extremamente baixas temperaturas, em condições de alta pressão e em ambientes altamente corrosivos, substituindo gradualmente tubos fabricados por outros processos. Contudo, estudos têm revelado que defeitos nas juntas soldadas constituem-se numa das principais causas de falhas em dutos, o que tem requerido a determinação de seus valores de tenacidade pelas empresas construtoras do setor de petróleo e gás em adição às rigorosas recomendações dos códigos e normas vigentes. Como parte do processo de validação dos valores de tenacidade requeridos, este projeto de pesquisa focaliza uma análise microestrutural em tubos HF/ERW de aço microligado, classe API 5L X70, destinados à condução de petróleo e gás (Linepipe), tema de relevância estratégica para o País em virtude das recentes descobertas de megacampos nas Bacias de Santos e Tupy (pré-sal). Especial ênfase será atribuída à formação de possíveis sítios de nucleação de microtrincas nas juntas soldadas de tubos HF/ERW, responsáveis pelo micromecanismo de fratura por clivagem e consequentes baixos valores de tenacidade daquela região. Assim, tal análise constituirá na determinação qualitativa e quantitativa das fases, dos constituintes e microconstituintes presentes e sua correlação com os valores de tenacidade CTOD previamente obtidos em espécimes SE(B) adotando-se, para tanto, a metodologia apresentada na norma API RP 2Z. Os resultados obtidos fornecerão subsídios para a realização de uma análise detalhada sobre as exigências e recomendações das principais normas internacionais relacionadas ao setor de petróleo e gás (prevista no Projeto Jovem Pesquisador/FAPESP aprovado por este orientador/solicitante) quanto aos valores de tenacidade mínimos requeridos, com especial ênfase às juntas soldadas.