Busca avançada
Ano de início
Entree

Formas linguisticas da incomensurabilidade na obra de thomas kuhn.

Processo: 99/10858-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2000
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2000
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Epistemologia
Pesquisador responsável:Caetano Ernesto Plastino
Beneficiário:Cristiana Maria Cardachevski
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Paradigma   Interpretação   Comunicação   Tradução

Resumo

Este projeto pretende analisar as formas lingüísticas da incomensurabilidade descritas na obra de Thomas Kuhn. Busca um esclarecimento das noções de incomensurabilidade semântica e tradução, acompanhando o destaque que Kuhn confere, paulatinamente, às formas lingüísticas frente às não-lingüísticas. Tenciona examinar a teoria do significado de um ponto de vista da semântica intencional (não extensional). Tem por motivação a polêmica sobre o caráter total ou parcial da incomensurabilidade entre paradigmas científicos. Torna-se, então, relevante para o projeto o estudo sobre a viabilidade da comunicação entre cientistas com diferentes visões de mundo, a comparação entre linguagens distintas e a possibilidade da compreensão de um paradigma científico a partir de outro. (AU)