Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação quantitativa do potencial de proteção dos ácidos orgânicos exsudados pelas raízes contra os efeitos do alumínio tóxico do solo

Processo: 04/04821-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2004
Vigência (Término): 31 de julho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Marcelo Menossi Teixeira
Beneficiário:Eduardo Dal'Ava Mariano
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Rizosfera   Modelagem   Milho   Alumínio   Ácidos orgânicos

Resumo

As espécies vegetais apresentam distintos níveis de sensibilidade à toxidez causada pelo alumínio (al) presente no solo. As espécies resistentes ao al desenvolveram mecanismos fisiológicos e bioquímicos, dentre os quais destaca-se a exsudação de ácidos orgânicos pelas raízes, como citrato, malato e oxalato. Esses compostos podem complexar o al no ambiente radicular, detoxificando-o. Os estudos recentes sobre a fisiologia da exsudação estimulada pelo estresse de al têm sido em sua maioria qualitativos. Há um questionamento se as quantidades de ácidos orgânicos liberadas pelas raízes são realmente suficientes para complexar uma fração significante do al tóxico presente no ambiente radicular (apoplasto/rizosfera). Neste contexto, uma avaliação quantitativa do papel desempenhado por estes compostos faz-se extremamente necessária. Dentro do enfoque de adaptação da planta ao solo, este projeto propõe integrar os processos que operam nesse mecanismo, utilizando modelagem e simulação de sistemas, no intuito de ampliar a compreensão do funcionamento do mecanismo, sua efetividade e suas possíveis restrições. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARIANO, EDUARDO D.; PINHEIRO, ALUISIO S.; GARCIA, EDIVALDO E.; KELTJENS, WILLEM G.; JORGE, RENATO A.; MENOSSI, MARCELO. Differential aluminium-impaired nutrient uptake along the root axis of two maize genotypes contrasting in resistance to aluminium. PLANT AND SOIL, v. 388, n. 1-2, p. 323-335, MAR 2015. Citações Web of Science: 6.
EDUARDO D. MARIANO; RENATO A. JORGE; WILLEM G. KELTJENS; MARCELO MENOSSI. Metabolism and root exudation of organic acid anions under aluminium stress. Brazilian Journal of Plant Physiology, v. 17, n. 1, p. -, Mar. 2005.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.