Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo químico de polímeros conjugados para dosimetria de radiação ionizante

Processo: 08/06603-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Carlos Frederico de Oliveira Graeff
Beneficiário:Erika Soares Bronze-Uhle
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/00157-0 - Novos materiais e métodos para aplicações em (bio) medicina, AP.TEM
Assunto(s):Dosimetria   Síntese   Degradação

Resumo

O uso de polímeros conjugados como possível material para detecção de radiação iniciou-se por volta de 20 anos atrás. Por volta de 1990 filmes de poli (p-fenilenovinileno) (PPV) e derivados foram usados como detectores de radiação ionizante. Contudo as mudanças nas propriedades opto-eletrônicas só são observadas com o emprego de altas doses de radiação (escalas de 1kGy). O que os torna inviáveis para a dosimetria de radiação ionizante de baixas doses de radiação de interesse na área médica. Recentemente um estudo realizado pelo grupo de pesquisa do Prof. Carlos F. O. Graeff revelou que as soluções de polímeros são muito mais sensíveis à radiação ionizante do que os polímeros na forma de pó ou filmes. No dosímetro apresentado pelo grupo, polímeros conjugados em solução têm sua coloração alterada quando irradiados devido à diminuição de sua conjugação efetiva, evidenciadas pelo deslocamento da banda de absorção para menores comprimentos de onda (região do azul). Nesse sentido, este projeto visa à realização de um estudo detalhado sobre os processos físicos e químicos envolvidos na irradiação do polímero (MEH-PPV), em especial a análise dos fragmentos formados durante a reação química ocorrida. Uma vez definido o mecanismo reacional, outros polímeros conjugados derivados do PPV poderão ser sintetizados no laboratório de pesquisa para posterior emprego na dosimetria. Para a realização dos estudos químicos serão utilizadas técnicas espectroscópicas e espectrométricas dentre elas 1H-RMN, 13C-RMN, Cromatografia por permeação em gel, espectroscopia de massas, infravermelho e ultravioleta.