Busca avançada
Ano de início
Entree

Arbitrariedade da gramática nas investigações filosóficas de Ludwig Wittgenstein

Processo: 07/02449-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2007
Vigência (Término): 30 de junho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:João Vergílio Gallerani Cuter
Beneficiário:Giovane Rodrigues Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Filosofia da linguagem   Arbitrariedade   Gramática

Resumo

A tese da arbitrariedade da gramática propõe que a constituição e o funcionamento das regras da gramática de uma linguagem qualquer não é determinada por qualquer elemento extralinguístico. O presente projeto propõe a reflexão sobre esse conceito a partir do estudo das definições ostensivas, mais especificamente nos casos onde são usadas amostras para a definição de uma palavra. (AU)