Busca avançada
Ano de início
Entree

Espacos publicos e privados - o caso da barra da tijuca (rj).

Processo: 02/10481-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Paisagismo
Pesquisador responsável:Silvio Soares Macedo
Beneficiário:Sergio Ricardo Lessa Ortiz
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Desenho urbano

Resumo

A pesquisa faz parte do Projeto QUAPÁ - Quadro do Paisagismo Brasileiro, que visa a análise e crítica do paisagismo contemporâneo brasileiro, e do Laboratório da Paisagem da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP) - servindo para colaborar na complementação e consolidação desse quadro através do estudo dos espaços livres da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Deste modo a pesquisa objetiva estudar os espaços livres, tanto públicos como privados, na região da Barra da Tijuca, analisando suas concepções e a sua inserção na paisagem urbana e compreendendo a maneira de apropriação da paisagem construída pela sociedade contemporânea. Como foco de estudo está o Plano-Piloto da Barra da Tijuca idealizado pelo arquiteto Lúcio Costa, que previa um processo de ocupação diferenciado do restante da cidade do Rio de Janeiro, utilizando parâmetros inéditos quanto aos traçados e divisão das quadras, zoneamento, gabaritos, implantação das massas edificadas e preservação da vegetação natural, já que o restante da cidade apresenta uma ocupação sem muito controle do poder público. Além deste estudo teórico, focado principalmente nas questões ambientais previstas pelo arquiteto, a pesquisa pretende confeccionar uma análise sobre o sistema de espaços livres produzidos, diferenciando a proposta idealizada e a realidade construída. (AU)