Busca avançada
Ano de início
Entree

O contato de lobos (Canis lupus occidentalis) e lobos guarás (Chrysocyon brachyurus) com seres humanos: uma avaliação hormonal e comportamental

Processo: 09/14258-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Emma Otta
Beneficiário:Angélica da Silva Vasconcellos
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse em animal   Bem-estar do animal   Interação homem-animal

Resumo

Neste estudo, investigaremos as reações comportamentais e fisiológicas de lobos (Canis lupus occidentalis) e lobos guarás (Chrysocyon brachyurus) cativos ao contato regular com seres humanos para avaliar o efeito desse contato sobre seus níveis de bem-estar. O estudo dos lobos será realizado na Áustria, junto ao Wolf Science Center. Após coletas de saliva de oito lobos socializados e de seus treinadores durante duas semanas, para dosagem de esteróides salivares em linha de base (cortisol e testosterona), será feito o acompanhamento comportamental (filmagem) e hormonal (dosagem de esteróides salivares antes e após cada sessão) dos animais e dos treinadores durante o treinamento de comandos, já estabelecido no instituto. Além disso, serão avaliadas as características individuais dos lobos através de testes de temperamento e através de questionários aplicados aos treinadores. Serão verificados os efeitos (1) do gênero, (2) do temperamento, (3) da posição social dos lobos e (4) do gênero do treinador sobre possíveis variações no comportamento e nas concentrações dos esteróides dos lobos. Serão também feitas coletas de saliva dos lobos antes e após a interação com visitantes. Este delineamento será adaptado para uma amostra de oito lobos guarás habituados ao contato com o ser humano, mantidos em zoológicos e criadouros brasileiros. As medidas hormonais e comportamentais serão as mesmas. Haverá um período de linha de base e um período de avaliação da interação. O treino de comando (lobos) será substituído, no caso dos lobos guarás, por uma interação padronizada (brincadeira) entre os tratadores e os animais. Serão validadas as técnicas de coleta, extração e análise de esteróides salivares para as duas espécies. Buscaremos, dessa forma, avaliar o efeito do contato social regular com seres humanos em lobos de hábitos sociais e solitários e, então, estabelecer um modelo de manejo social que tenha um efeito positivo sobre os níveis de bem-estar dos indivíduos cativos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VASCONCELLOS, ANGELICA DA SILVA; VIRANYI, ZSOFIA; RANGE, FRIEDERIKE; ADES, CESAR; SCHEIDEGGER, JOERDIS KRISTIN; MOESTL, ERICH; KOTRSCHAL, KURT. Training Reduces Stress in Human-Socialised Wolves to the Same Degree as in Dogs. PLoS One, v. 11, n. 9 SEP 9 2016. Citações Web of Science: 1.
VASCONCELLOS, ANGELICA DA SILVA; ADANIA, CRISTINA HARUMI; ADES, CESAR. Contrafreeloading in maned wolves: Implications for their management and welfare. APPLIED ANIMAL BEHAVIOUR SCIENCE, v. 140, n. 1-2, p. 85-91, AUG 2012. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.