Busca avançada
Ano de início
Entree

Remoções de diferentes fracos de DQO, fósforo, cobre e zinco em reator UASB e filtros anaeróbio e biológico percolador no pós-tratamento de águas residuárias de suinocultura

Processo: 07/58499-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Roberto Alves de Oliveira
Beneficiário:Alexandre Abud Bichuette
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Águas residuárias   Fósforo   Remoção de nutrientes   Filtros anaeróbios   Reatores anaeróbios

Resumo

Entre as alternativas indicadas e estudadas para a utilização de sistemas anaeróbios para o tratamento de águas residuárias de suinocultura, atendendo aos requisitos legais, têm destacando-se, para o tratamento secundário, as combinações de reatores anaeróbios em série procurando separar os estágios da digestão anaeróbia, e o pós-tratamento em reatores aeróbios, incrementando a remoção de nutrientes, tais como o fósforo, e metais, tais como o cobre e zinco. A proposta do presente trabalho consiste na utilização de um sistema de tratamento anaeróbio em dois estágios com reator de fluxo ascendente com manta de lodo (UASB) e um filtro de fluxo ascendente (FA), com volumes de 300 e 190 L, respectivamente, instalados em série com TDH de 39,2 e 19,6 h, alimentados com águas residuárias de suinocultura, provenientes de confinamento na fase de terminação com lâmina d'água. No filtro anaeróbio (FA) será utilizado como meio suporte o bambu. O pós-tratamento será realizado num filtro biológico percolador, com volume de 250 L, utilizando também o bambu como meio suporte, com taxa de recirculação do efluente (0 e 100%). Para a avaliação do desempenho do sistema de tratamento anaeróbio e pós-tratamento, no que diz respeito à dinâmica das formas do fósforo, cobre e zinco, serão determinados nos afluentes e efluentes do reator UASB e dos filtros anaeróbio e biológico percolador, as concentrações de fósforo total e dissolvido divididos analiticamente dentro de três espécies: fósforo reativo, fósforo condensado (polifosfatos) e fósforo orgânico total; as concentrações de cobre e zinco total e dissolvido, e a concentração de fósforo total, cobre total e zinco total no lodo dos reatores anaeróbios. Para a avaliação das características, em termos da demanda química de oxigênio (DQO) das águas residuárias de suinocultura afluente e efluente do sistema de tratamento citado acima, será determinado a DQO total, DQOss, DQO coloidal e DQOdiss. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.