Busca avançada
Ano de início
Entree

Sensibilização comportamental cruzada entre metilfenidato e nicotina em ratos adolescentes e adultos

Processo: 05/02356-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Cleopatra da Silva Planeta
Beneficiário:Camila Do Couto Justo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Adolescência   Metilfenidato   Nicotina   Locomoção   Análise do comportamento   Transtorno do deficit de atenção com hiperatividade   Modelos animais de doenças

Resumo

O metilfenidato é o fármaco psicoestimulante mais utilizado no tratamento do transtorno do déficit de atenção com hiperatividade, uma condição comportamental que afeta principalmente crianças e adolescentes. A nicotina é a principal substância ativa responsável pela dependência ao tabaco e é comumente utilizada em combinação com psicoestimulantes. A sensibilização comportamental é caracterizada pelo aumento progressivo e duradouro da atividade locomotora induzida pelos psicoestimulantes e outras substâncias de abuso, decorrente do uso repetido destas substâncias. Esse fenômeno tem sido extensivamente estudado em animais experimentais e tem sido implicada como um componente fundamental na dependência a substâncias psicoativas. O objetivo do presente trabalho será investigar a sensibilização comportamental induzida pelo metilfenidato em ratos expostos ao tratamento repetido com o próprio psicoestimulante na adolescência e se o tratamento com metilfenidato durante a adolescência produz sensibilização cruzada com nicotina na adolescência e na idade adulta. Para tanto ratos adolescentes dia pós-natal P25 – P35 receberão administração diária de10 mg/kg de metilfenidato ou salina pela via oral durante 5 dias, no P39 a atividade locomotora induzida pela administração de metilfenidato ou salina registrada por 60 minutos. No P40 e P70 os animais receberão pré-tratados com salina ou metilfenidato receberão injeção subcutânea de nicotina (0,4 mg/kg) ou salina e terão a atividade locomotora avaliada por 30 minutos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JUSTO, C. C.; CARNEIRO-DE-OLIVEIRA, P. E.; DELUCIA, R.; AIZENSTEIN, M. L.; PLANETA, C. S. Repeated exposure of adolescent rats to oral methylphenidate does not induce behavioral sensitization or cross-sensitization to nicotine. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 43, n. 7, p. 651-656, JUL 2010. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.