Busca avançada
Ano de início
Entree

Conformacao da estrutura agraria na forma do tecido urbano nas cidades do oeste paulista - linha alta paulista.

Processo: 06/58402-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2006
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Norma Regina Truppel Constantino
Beneficiário:Rafaela Maria Serafim
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/55338-0 - Saberes eruditos e técnicos na configuração e reconfiguração do espaço urbano: estado de São Paulo, séculos XIX e XX, AP.TEM
Assunto(s):Ferrovias   Centro-Oeste paulista   História das cidades   Fazendas   Paisagem urbana

Resumo

As cidades formadas no Oeste Paulista no final do século XIX e início do século XX apresentam, ainda hoje, uma paisagem bastante homogênea, não só quanto ao aspecto da paisagem natural, mas também quanto à forma de ocupação e o desenho urbano. Observando a implantação urbana e sua relação com a paisagem original, o que primeiro nos chama a atenção é o quadriculado continuo da malha urbana, que se detém ao encontrar uma barreira natural ou os trilhos da ferrovia e as rodovias, independentemente da topografia existente. No decorrer da pesquisa buscamos compreender a razão da homogeneidade. Uma hipótese a ser analisada é a da permanência da estrutura agrária na formação dessas cidades, com a posterior subdivisão em glebas e o parcelamento das grandes fazendas originais, dando origem ao tecido urbano atual. Ao quadro natural encontrado superpôs-se uma outra realidade humana, precisamente fundiária. A implantação dessa rede de cidades na primeira metade do século XX pode ser considerada como um marco no planejamento urbano, apesar de não serem utilizadas técnicas ou instrumentos inovadores, ou serem influenciados pelos principais movimentos internacionais, salvo raras exceções. O objetivo maior era obter um rápido retomo do investimento feito. O recorte geográfico escolhido para o desenvolvimento da pesquisa, assim, é o estudo da formação de quatro cidades paulistas, situadas em um dos ramais ferroviários - a Alta Paulista - realizando o levantamento das fazendas originais e posterior subdivisão, analisando a questão das permanências no traçado urbano. As cidades escolhidas foram ponta de linha da ferrovia. Marina, Tupã, Adamantina e Panorama. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)