Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do corpo gorduroso de formas imaturas e de adultos jovens de Culex quinquefasciatus

Processo: 08/53416-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Alcira Tania Bijovsky de Katzin
Beneficiário:Larissa Almeida Martins
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Culex quinquefasciatus

Resumo

O corpo gorduroso dos insetos é o principal órgão do metabolismo intermediário. Ele é responsável pelo armazenamento de lipídeos, carboidratos e compostos nitrogenados, além de sintetizar proteínas e hormônios. O corpo gorduroso tem origem mesodérmica e é distribuído como um lençol celular sob a parede do corpo na região tóraco-abdominal e se estende na cavidade corpórea formando bainhas ao redor dos órgãos. Histológicamente não existem diferenças entre o corpo gorduroso parietal e o perivisceral. Dentre os quatro diferentes tipos celulares que foram descritos em diferentes artrópodes: trofócitos (mais abundantes), enócitos, micetócitos e células de urato, somente os dois primeiros foram observados, em nosso laboratório, em mosquitos adultos de Culex quinquefasciatus. Durante o ciclo gonadotrófico, os trofócitos, responsáveis pela síntese de vitelogenina, sofrem importantes modificações morfológicas. Já os enócitos, descritos em outros modelos como responsáveis pela síntese de hidrocarbonetos e de outros lipídeos, se apresentam inalterados durante todo o ciclo gonadotrófico. Portanto, este projeto tem como objetivo analisar a morfologia do corpo gorduroso durante as fases larvária e pupal e nos primeiros dias da vida adulta, procurando sinais de atividade metabólica nos enócitos. (AU)