Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade antimicrobiana da água ozonizada e suas aplicações em odontologia

Processo: 06/61220-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Cristiane Yumi Koga Ito
Beneficiário:Talyta de Souza Reis
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Desinfecção   Ozônio   Odontologia   Prótese dentária

Resumo

A necessidade de um método da desinfecção química de alta atividade antimicrobiana e baixa toxicidade em várias áreas da Odontologia é notória. O ozônio tem sido ainda pouco discutido na área odontológica e a literatura careca de estudos que efetivamente demonstrem o potencial deste nesta área de atuação. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a efetividade antimicrobiana de um gerador de ozônio portátil de pequeno porte e estudar a sua aplicabilidade na desinfecção da trabalhos protéticos e escovas dentais e na descontaminação prévia de instrumentais odontológicos. Inicialmente, será definido in vitro o parâmetro de tempo de ozonização necessário para a obtenção da atividade antimicrobiana frente a microrganismos em estado planctônico. Posteriormente, placas de resina acrílica, corpos-de-prova de aço inoxidável a escovas dentais contaminados in vitro serão imersos em água destilada e submetidos â ação do ozonizador pelo tempo pré-determinado para avaliação da aplicabilidade do sistema na desinfecção destes artigos. Em todas as fases do estuda serão utilizadas cepas padrão de Streptococcus mutans, Eschenchia coli, Staphylococcus aureus, Candida albicans e esporos de Bacillus subtilis. (AU)