Busca avançada
Ano de início
Entree

Biologia populacional e reprodutiva de polidorídeos, poliquetas perfuradores de conchas de molusco

Processo: 06/50433-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Antonia Cecília Zacagnini Amaral
Beneficiário:Fábio Sá Mac Cord
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Dinâmica de populações   Reprodução animal

Resumo

Polydora, Boccardia e Pseudopolydora são os principais gêneros de polidorídeos e possuem espécies perfuradoras de substrato calcário conhecidas por infestarem conchas de diversos moluscos. A infestação por estes vermes pode causar má qualidade da carne e da concha, além da redução do crescimento e fecundidade. O objetivo deste trabalho é estudar a biologia populacional e reprodutiva de polidorídeos parasitas de moluscos, no caso Mytella charruana (sururu), uma espécie de potencial econômico, típica de manguezal, e que pode ser encontrada formando bancos em praias abrigadas do Litoral Norte do Estado de São Paulo. Para isso, serão amostrados, mensalmente, 90 indivíduos de M. charruana, retirados de três pontos do banco formado na Praia do Camaroeiro, Caraguatatuba. Com o auxílio microscópio estereoscópico os polidorídeos serão retirados das conchas dos bivalves. Após serem fixados, serão separados conforme o sexo e terão o medido 5° setígero para estimativa de tamanho. Os parâmetros da curva de crescimento de von Bertalanffy serão estimados através da rotina ELEFAN I. Entre 10 e 20 exemplares serão destinados, todo mês, à análise histológica de suas gônadas. Os parâmetros da c Conhecendo-se aspectos da biologia reprodutiva e populacional pode-se propor ações que evitem ou reduzam a contaminação desses polidorídeos em bancos de moluscos com potencial econômico. (AU)