Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de compósitos produzidos por vartm para aplicações aeronáuticas

Processo: 09/08617-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial
Pesquisador responsável:Maria Odila Hilário Cioffi
Beneficiário:Vinicius Ibiapino
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/02121-6 - Compósito processado via RTM, AP.JP
Assunto(s):Ultrassom

Resumo

O uso de materiais compósitos vem crescendo a cada dia mais em diversas áreas da indústria, no setor aeronáutico este fato não é diferente. Neste setor, os compósitos poliméricos avançados têm amplo destaque e este se deve a propriedades como: baixa massa específica, alta rigidez, boa resistência mecânica e a corrosão. A fim de melhorias para a indústria aeronáutica brasileira, novas opções de materiais e processamentos estão sendo pesquisados pelo grupo de fadiga e materiais aeronáuticos - DMT/FEG/UNESP. Dentre elas destaca-se um material promissor, o compósito constituído por fibra de vidro (plain weave) e resina epóxi(SC-79).Este compósito foi processado por Moldagem Assistida por Transferência de Resina a Vácuo (VARTM), tal processo vem sendo cada vez mais empregado na produção em escala devido à segurança e também a alta qualidade do material gerado.Neste trabalho serão utilizadas algumas técnicas para a caracterização deste compósito, são elas: inspeção acústica do tipo C-scan, para a detecção de defeitos na amostra do material; ensaios mecânicos de tração e fadiga segundo as normas ASTM D 3049 e ASTM D 3479, respectivamente; analise da superfície fraturada por meio de microscopia eletrônica de varredura.Uma vez levantadas as características deste material e conhecidos os esforços a que uma aeronave esta sujeita, pode-se determinar as possíveis áreas de aplicação para o compósito em estudo.