Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da função da fibrilina-1 na trombogênese arterial

Processo: 09/09026-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Claudio Chrysostomo Werneck
Beneficiário:Catherine Natalia Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Fibrilina   Proteômica

Resumo

Projeto de pesquisa: Avaliação da função da Fibrilina-1 na trombogênese arterial.Pesquisador Responsável: Cláudio Chrysostomo WerneckBeneficiário: Catherine Natalia PereiraUniversidade Estadual de Campinas- UNICAMP.ResumoFibrilina-1 é um importante componente da rede de microfibrilas da matriz extracelular. As microfibrilas estão presentes nas fibras elásticas que são responsáveis pela elasticidade e resiliência de tecidos dos pulmões, pele e grandes vasos. Mutações no gene da Fibrilina-1 estão associadas com a Síndrome de Marfan. Pacientes com esta Síndrome apresentam muitas manifestações clínicas nos pulmões, trato cardiovascular e olhos. Modelos de Síndrome de Marfan tem sido criados no sentido de obter informações sobre o desenvolvimento desta doença. Estudos recentes em modelos de camundongos tem sugerido a importância da atividade exacerbada do TGF ² promovendo a quase totalidade das alterações fenotípicas encontradas nestes camundongos. Estudos preliminares em nosso laboratório com camundongos que possuem metade da quantidade de fibrilina-1 de um camundongo normal, tem demonstrado que estes animais necessitam do dobro do tempo para a formação de trombo em um modelo de trombose arterial. As plaquetas tem fundamental importância neste processo, quando são ativadas e secretam várias moléculas que determinam a formação dos trombos. O principal objetivo deste projeto é tornar mais claro a função da fibrilina-1 neste processo fazendo uma análise proteômica das plaquetas, ou de subfrações destas, dos animais selvagens e deficientes em fibrilina-1.