Busca avançada
Ano de início
Entree

Influencia de agentes remineralizantes na microdureza do esmalte clareado sadio e desmineralizado: estudo in situ

Processo: 09/52212-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Alessandra Buhler Borges
Beneficiário:Carolina Anne Guimarães
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Clareamento de dente   Microdureza   Esmalte dentário

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar o efeito da adição de gluconato de cálcio e fluoreto de sódio no agente clareador à base de peróxido de hidrogênio a 20% na micro-dureza do esmalte sadio e desmineralizado, por meio de um estudo in situ. Serão obtidos fragmentos em esmalte bovino, divididos em dois grupos (n=40), um com esmalte sadio (ES) e outro com esmalte desmineralizado (ED). Serão confeccionados aparelhos intra-orais, nos quais serão fixados os fragmentos de esmalte. Cada grupo (ED e ES) será subdividido em três grupos: o grupo 1 será tratado com o gel clareador à base de peróxido de hidrogênio (PH) a 20%; o grupo 2 receberá PH a 20% + gluconato de cálcio a 2% e o grupo 3 será clareado com PH a 20% + fluoreto de sódio a 2%. Os procedimentos clareadores serão realizados ex vivo. Será realizada a mensuração da micro-dureza Knoop da superfície de esmalte dos espécimes antes e depois dos procedimentos clareadores. Os aparelhos contendo os espécimes clareados serão então utilizados por 10 voluntários durante 7 dias para determinação da atuação da saliva sobre os espécimes. Será realizada nova mensuração da micro-dureza superficial do esmalte após os 7 dias e os dados obtidos serão submetidos ao teste estatísticos ANOVA dois fatores, teste de Tukey e teste t pareado (5%). (AU)