Busca avançada
Ano de início
Entree

Influencia da pressao pulpar simulada na eficacia de agentes clareadores.

Processo: 09/54540-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Alessandra Buhler Borges
Beneficiário:Paula Tamião Arantes
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Clareamento de dente   Espectrofotometria

Resumo

O objetivo deste estudo é avaliar a influência da pressão pulpar simulada na eficácia de agentes clareadores como o peróxido de carbamida (PC) a 10% e peróxido de hidrogênio (PH) a 7,5% utilizados pela técnica caseira e o PH a 35% utilizado de acordo com a técnica de consultório. Serão obtidos 90 discos de esmalte-dentina provenientes de incisivos bovinos, com espessura de 1mm de esmalte e 1mm de dentina e 6 mm de diâmetro. Serão obtidas as leituras de cor inicial dos espécimes por meio de espectrofotômetro utilizando o sistema CIE L*a*b*. Os espécimes serão agrupados de acordo com o valor de L* (distribuição estratificada) e serão então divididos (n=30) de acordo com o agente clareador a ser utilizado: Grupo 1- PC a 10%, Grupo 2- PH a 7,5%, Grupo 3- PH a 35%, e cada um dos grupos será dividido (n=15) em controle (sem pressão pulpar simulada) e experimental (com pressão pulpar simulada). Para simulação da pressão pulpar, os espécimes serão afixados a uma câmara pulpar artificial preenchida com soro fisiológico, que simulará a pressão hidrostática normal do dente (25 mmHg). Os géis clareadores serão aplicados de acordo com a técnica caseira (8h diárias para o PC a 10% e 1h diária para o PH a 7,5%) ou de consultório (sessão única de 45 min), permanecendo imersos em saliva artificial nos períodos intermediários, durante 7 dias. Após este período, será realizada a leitura final da cor. Os dados obtidos serão analisados pelo teste de análise da variância ANOVA, Tukey e teste t, a um nível de significância de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)