Busca avançada
Ano de início
Entree

Emprego de gene repórter luciferase para determinação de atividade de reparo de DNA em células animais.

Processo: 10/01107-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Carlos Frederico Martins Menck
Beneficiário:Clarissa Ribeiro Reily Rocha
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/52417-7 - Respostas celulares a lesões no genoma, AP.TEM
Assunto(s):Reparo do DNA   Luciferases

Resumo

Várias são as metodologias para determinação de processos de reparo de DNA em células animais. O uso de genes repórters, como o que expressa a proteína luciferase, permite a avaliação do reparo de DNA celular a partir de determinação da atividade do gene transcrito, que é reduzida na presença de lesões. Dessa forma, a existência de processos de reparo de DNA resulta em uma expressão mais elevada do gene repórter se este estiver tratado com algum agente genotóxico, em relação a células deficientes em reparo de DNA. A essa atividade se denomina reativação pela célula hospedeira (HCR, do inglês, Host cell reactivation). Pretendemos construir vetores para expressão do gene luciferase e estabelecer essa metodologia em nosso laboratório.