Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel dos rnas regulatorios na resposta ao stress causado pela radiacao ultravioleta.

Processo: 06/57941-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Mutagênese
Pesquisador responsável:Carlos Frederico Martins Menck
Beneficiário:Stephano Spanó Mello
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/13255-5 - Genes de reparo de DNA: análise funcional e evolução, AP.TEM
Assunto(s):Raios ultravioleta

Resumo

Recentes contribuições da literatura sugerem que a maquinaria de silenciamento por pequenos RNAs (siRNAs) está envolvida na resposta ao dano no DNA, havendo uma conexão entre o remodelamento da cromatina, reparo do DNA e o silenciamento. No presente projeto está sendo proposto analisar a relação entre o mecanismo de silenciamento e o reparo por excisão de nucleotídeos (NER), bem como a influência do silenciamento na resposta ao dano induzido pela radiação UV, em células normais e NER-deficientes. Serão utilizados ensaios protéicos para avaliar o nível de expressão e a cinética de proteínas do silenciamento em células normais e NER-deficientes, antes e após a exposição à luz UV. Além disso, a estratégia de "knockdown" por RNAi será utilizada, silenciando as proteínas Dicerl e Ago2 (essenciais no silenciamento) e gerando células deficientes no silenciamento por miRNAs. Adicionalmente, testes de sobrevivência e cinética do ciclo celular serão realizados antes e após a exposição à UV. Por último, pretende-se determinar "in silico" genes de miRNAs presentes em seqüências intra-exons de genes do NER e de genes envolvidos na resposta à UV, através da pesquisa em bancos de dados e da utilização de algoritmos de predição. Espera-se que esse estudo traga informações acerca das doenças associadas a defeitos no NER, bem como informações que possam auxiliar na compreensão das respostas celulares a estresses genotóxicos. (AU)