Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise proteômica diferencial da fração proteica periplasmática das estirpes a e b de Xanthomonas axonopodis

Processo: 10/03410-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Maria Teresa Marques Novo Mansur
Beneficiário:Carolina Moretto Carnielli
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/50910-2 - Análise proteômica diferencial em Xanthomonas axonopodis: proteínas e genes de interesse biotecnológico, AP.JP
Assunto(s):Xanthomonas axonopodis   Eletroforese em gel bidimensional   Cancro (doença de planta)   Proteômica

Resumo

Este trabalho tem como objetivo realizar a análise proteômica diferencial da fração periplasmática de Xanthomonas axonopodis pv. aurantifolii estirpe B (Xaa-B), bactéria fitopatogênica causadora da cancrose B, comparativamente à estirpe A (Xac-A), de maior virulência e espectro de hospedeiros. O sequenciamento (total ou parcial) do genoma de ambas as estirpes já foi realizado por projetos financiados pela Fapesp e pelo Fundecitrus. A estirpe Xaa-B será cultivada em meio XAM-1, conhecido como sendo um meio indutor de patogenicidade para Xac-A, e em meio não indutor de patogenicidade (Caldo Nutriente, CN). Após a extração de proteínas de Xaa-B em triplicata, as mesmas serão separadas por eletroforese bidimensional (2D-PAGE) e os géis serão corados com Coomassie Brilliant Blue R-250. Uma análise comparativa dos perfis protéicos será realizada após documentação dos mesmos pelo software Image Master Platinum (GE Healthcare), para cada uma das condições de crescimento de Xaa-B (meio CN/ meio XAM-1) e/ou para as duas estirpes Xaa-B e Xac-A (no mesmo meio de cultura). Para tal comparação, serão utilizados os géis bidimensionais de proteínas periplasmáticas de Xac-A obtidos anteriormente (Artier, dissertação de Mestrado). Em seguida, será realizada uma análise estatística para as condições de interesse, por meio da qual serão determinadas quais proteínas apresentam uma expressão diferencial significativa (p<0,05). Tais proteínas serão isoladas a partir dos géis, para serem futuramente analisadas por espectrometria de massas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.