Busca avançada
Ano de início
Entree

As redes de sociabilidade e as estratégias da inserção social entre nordestinos em São Paulo

Processo: 02/03310-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2002
Vigência (Término): 30 de junho de 2003
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Urbana
Pesquisador responsável:Nadya Araujo Guimarães
Beneficiário:Olivia Gonçalves Janequine
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sociabilidade   Nordestinos   Mobilidade ocupacional   Família   Mobilidade social

Resumo

O objetivo deste projeto é o estudo de trajetórias de vida de migrantes nordestinos habitantes da Região Metropolitana de São Paulo. O foco analítico privilegia o papel das redes familiares como elementos organizadores dos processos de "adaptação" ao contexto metropolitano, com ênfase para os mecanismos de inserção no mercado de trabalho. Empiricamente trata-se de coletar histórias de vida, e especialmente de vida ocupacional, de migrantes que aqui chegaram em épocas distintas e em contextos e arranjos familiares também distintos. Para tanto, serão escolhidos alguns núcleos familiares em um mesmo contexto sócio-espacial da RMSP: a favela Paraisópolis, situada na região sul da capital, que se caracteriza por ter se formado ao longo do processo de intensificação da industrialização da região, a partir dos anos 50 e pela forte presença de migrantes nordestinos de várias gerações. Com isto, pretende-se entender melhor as inter-relações entre o papel das redes familiares e as profundas mudanças no espaço sócio-econômico metropolitano na conformação das oportunidades e destinos destes indivíduos. Este trabalho se insere num programa mais amplo de pesquisas sobre mobilidade social na Região Metropolitana de São Paulo, em curso no Cebrap, no âmbito do Centro de Estudos da Metrópole (CEPID-Fapesp). (AU)