Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos do método dos elementos de contorno e Fast multipole method aplicados à análise de manutenção e inspeção baseada em confiabilidade em estruturas com múltiplas fissuras

Processo: 09/15048-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Estruturas
Pesquisador responsável:Humberto Breves Coda
Beneficiário:Edson Denner Leonel
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/50594-0 - Desenvolvimentos de modelos numéricos para a análise de problemas de engenharia estrutural, AP.TEM
Assunto(s):Método dos elementos de contorno   Mecânica da fratura

Resumo

Este trabalho trata da análise de manutenção e inspeção, baseada em confiabilidade, em estruturas compostas por materiais frágeis e quase-frágeis utilizando-se modelos do Método dos Elementos de Contorno (MEC) e do Fast Multipole Method (FMM). O MEC tem sido muito utilizado na análise do crescimento de fissuras uma vez que sua redução de dimensionalidade permite que o processo de reconstrução da malha de elementos durante a propagação das fissuras seja fácil e eficiente. Apesar de sua reconhecida eficiência na análise desse tipo de problema, o MEC não tem sido aplicado na análise de problemas de grande escala. Isso se deve ao fato de a avaliação dos núcleos das equações integrais do método gerar matrizes densamente preenchidas o que penaliza muito o tempo computacional para a construção dessas matrizes assim como a memória necessária para o armazenamento de tais coeficientes. Para superar esse problema, nesse trabalho o modelo do MEC será acoplado a um modelo do FMM. Esse último modelo é utilizado na aceleração de soluções de problemas envolvendo equações integrais, assim o FMM pode ser acoplado às equações do MEC para a aceleração de sua solução e análise de problemas de grande escala. Em seguida será efetuado o acoplamento deste modelo (MEC/FMM) ao Método dos Elementos Finitos (MEF). Nesse modelo o MEF será utilizado para representar reforços ou fibras no interior do sólido. Sobre esse modelo será possível a inserção de um critério para a consideração da corrosão dos reforços que determinará a perda de sua seção transversal ao longo do tempo. Esses modelos, enrijecidos ou não, representarão as condições limites da estrutura indicando possíveis condições de falha. Outro foco desse projeto refere-se ao desenvolvimento de um modelo acoplado de confiabilidade e otimização para a determinação do instante ideal para a realização dos procedimentos de inspeção e manutenção em elementos estruturais sujeitos as condições de degradação do material da matriz e da corrosão dos enrijecedores. Embora seja conhecido na literatura especializada como um acoplamento de modelos, os algoritmos para a análise dos dois problemas são independentes. O acoplamento é imposto apenas no processo iterativo de busca da probabilidade de um modo de falha ser atingido, levando-se em conta o índice de confiabilidade limite especificado pelo analista para que sejam executadas inspeção e manutenção. Os modelos do método de superfície de resposta e acoplamento direto do FORM e o modelo MEC-FMM serão considerados para a determinação das probabilidades de falha da estrutura e também do conjunto de variáveis aleatórias com maior probabilidade de ocorrência. Finalmente sobre esse modelo serão escritas equações que relacionam as probabilidades de falha aos intervalos entre os procedimentos de manutenção e inspeção. Assim utiliza-se a teoria de otimização para a obtenção dos parâmetros estruturais que conduzem ao mínimo custo da estrutura levando-se em conta as probabilidades de falha, o custo de construção da estrutura e os intervalos de inspeção e manutenção. Serão desenvolvidas aplicações desses modelos em problemas que ainda não são corretamente resolvidos no domínio de engenharia. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.