Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensino de pacientes renais crônicos em tratamento conservador

Processo: 07/08201-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 30 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Luciana Kusumota
Beneficiário:Marilia de Lima Candido
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência renal crônica   Enfermagem em nefrologia   Tratamento conservador   Cooperação e adesão ao tratamento   Educação em saúde   Enfermeiros   Ensino e aprendizagem

Resumo

O tratamento conservador da Insuficiência Renal Crônica (IRC) utiliza-se basicamente da terapia medicamentosa, das orientações dietéticas e da restrição hídrica, por meio do qual objetiva-se retardar a progressão da doença, melhorar a qualidade de vida e estender a permanência neste tratamento, postergando o início da diálise. A assistência aos pacientes renais crônicos em fases iniciais da progressão da IRC, iniciando, o mais breve possível, e mantendo-os em tratamento conservador, pode contribuir com benefícios no decorrer deste tratamento e após o início da diálise. Contudo vários aspectos podem prejudicar o início e a adesão ao tratamento conservador, principalmente, em relação ao ensino destes pacientes que demonstraram, de acordo com resultados de um estudo recém finalizado (Gricio e Kusumota, 2007), poucos conhecimentos e informações sobre sua doença, tratamento conservador e tratamentos futuros. Para isto o enfermeiro é elemento chave da equipe, por meio de sua atuação próxima, devendo promover o ensino do paciente utilizando-se de ferramentas que o auxiliem no processo ensino-aprendizagem. Diante do exposto, os objetivos deste projeto são: realizar uma revisão estruturada na literatura científica sobre o ensino de pacientes renais crônicos em tratamento conservador; construir um folheto informativo, baseado nos achados do estudo acima mencionado e da literatura científica, a fim de validar este folheto, quanto ao conteúdo e compreensão, dos pacientes. Será realizada uma revisão da literatura nacional e internacional, com busca em base de dados on line, para identificar os aspectos e/ou informações a serem incluídas no ensino de pacientes renais crônicos em tratamento conservador. O folheto será elaborado a partir dos achados desta revisão e complementado com temas do estudo de Gricio e Kusumota (2007). Será submetido à avaliação de três juízes que podem propor reformulações. Para o processo final de validação será submetido à avaliação de cerca de 20 pacientes com IRC em tratamento conservador que fazem seguimento no ambulatório de uremia do Hospital das Clínicas da FMRP-USP que, em grupos de 3 a 5 que deverão ler o folheto, dizer com suas próprias palavras o que entenderam e dar sugestões pertinentes para a sua reformulação e finalização. (AU)