Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do hipertireoidismo no endotélio e músculo liso vascular em Ratos Wistar

Processo: 09/05084-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Patricia Pinto Saraiva
Beneficiário:Patrícia Madureira Rodriguez
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e Profissões da Saúde. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Endotélio   Hipertireoidismo   Músculo liso

Resumo

Hormônios tireoideanos, tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) são importantes reguladores da função cardíaca e da hemodinâmica cardiovascular. O sistema cardiovascular responde às mudanças mínimas, mas persistentes, nos níveis dos hormônios tireoideanos circulantes, produzindo mudanças na reatividade vascular e função endotelial, sendo que estas alterações permitem a identificação precoce de indivíduos em risco. Existem na literatura poucos trabalhos sobre o efeito do hipertireoidismo na estrutura das camadas íntima-média, que englobam endotélio e musculatura lisa, em vasos de maior calibre. Assim, um estudo histomorfométrico será feito em aorta descendente de ratos hipertireóideos. Serão utilizados 40 ratos Wistar divididos em grupo controle (sem tratamento hormonal) e grupo experimental (tratados com T4). Será realizada histomorfometria (alterações de calibre vascular e da espessura da camada de músculo liso, além da observação de modificações do endotélio) da aorta descendente, para observação das alterações provocadas em decorrência do aumento hormonal.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.