Busca avançada
Ano de início
Entree

População, redes de solidariedade e questões matrimoniais na São Paulo colonial

Processo: 96/00537-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 1996
Vigência (Término): 31 de março de 1998
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Eliana Maria Rea Goldschmidt
Beneficiário:Eliana Maria Rea Goldschmidt
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):População   Matrimônio   Solidariedade   Justiça eclesiástica   São Paulo

Resumo

A importância do matrimônio nas sociedades católicas pós-tridentinas não se restringiu à sua função moralizadora. Era, igualmente, ocasião para formar, estreitar, reatar, ou ainda, romper vínculos, no seio das comunidades. A presente pesquisa sobre a São Paulo colonial pretende focalizar a dinâmica das solidariedades na população que recorria à Justiça eclesiástica, que era julgada e testemunhava no Tribunal episcopal, em causas relativas ao matrimônio: dispensas e justificações para o casamento, autos crimes de concubinato e processos de divórcio. O enfoque comparativo desta documentação manuscrita será inédito, priorizando as relações de idade, sexo, raça e condição social e, como decorrência, abordará as relações de gênero. (AU)