Busca avançada
Ano de início
Entree

A descoberta de genes humanos por rap-pcr: uma estrategia chave no desenvolvimento do projeto "projeto da anatomia do genoma do cancer".

Processo: 97/10587-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 1997
Vigência (Término): 31 de outubro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Emmanuel Dias-Neto
Beneficiário:Emmanuel Dias-Neto
Instituição Sede: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neoplasias do cólon   Reação em cadeia por polimerase (PCR)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cancer De Colon | Etiquetas De Sequencias Expres | Pcr | Projeto Genema

Resumo

A maioria dos Projetos Genoma atualmente em curso faz uso da técnica de seleção aleatória e seqüenciamento de clones de bibliotecas de cDNA não normalizadas, para a produção de fragmentos gênicos denominados ESTs (Expressed Sequence Tags). Apesar de esta estratégia produzir bons resultados em termos de determinação de genes mais abundantemente expressos, estes genes abundantes mascaram os mais raros, impedindo o avanço do conhecimento de genes novos. Em alguns casos os genes mais raros chegam a representar cerca de 90% dos tipos de mRNAs de uma célula, no entanto o seu nível de expressão é de apenas 45% da massa de mRNA. Desta forma, a abundância e a complexidade dos genes expressos representam opostos dentro de uma célula. Uma forma de ter acesso à população de genes menos expressos, faz uso da sua alta complexidade, determinada por um maior número de seqüências gênicas que podem conter, ao acaso, uma complementaridade fortuita e parcial com oligonucleotídeos sintéticos. Desta forma, o uso de um iniciador randômico seleciona uma população de mRNAs em cDNA e uma posterior reação de PCR permite que uma sub-população dos cDNAs seja amplificada, produzindo bandas que podem ser clonadas e seqüenciadas, gerando as ESTs. Este método foi descrito no parasita Schistosoma mansoni mostrando uma grande eficiência em termos de redução da redundância causada pelos genes abundantes (Dias Neto et al., 1996a, 1997). Neste projeto, nos propomos a avaliar a sua eficácia na geração de ESTs derivadas de tumores de cólon humanos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)