Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo taxonômico das famílias Pilargidae Saint-Joseph, 1899 e Hesionidae Grube, 1850 (Annelida: Polychaeta) das regiões do Caribe e do sudeste-sul do Brasil

Processo: 05/00407-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Alexandra Elaine Rizzo
Beneficiário:Alexandra Elaine Rizzo
Anfitrião: Sergio Ignacio Salazar-Vallejo
Instituição-sede: Pessoa Física
Local de pesquisa : El Colegio de la Frontera Sur, México  
Assunto(s):Invertebrados marinhos   Polychaeta   Annelida

Resumo

As famílias Pilargidae e Hesionidae (Annelida: Polychaeta) são frequentemente encontradas em levantamentos macrofaunísticos, com um número razoável de representantes. Atualmente existe cerca de 50 espécies descritas de pilargídeos. O número de gêneros é variável (10 a 14), devido à monofilia de alguns deles e de sua interpretação. Há cerca de 150 espécies válidas de hesionídeos pertencentes a 20 gêneros. Resultados preliminares provenientes das coletas do programa Biota/Fapesp indicam a presença das espécies de Hesionidae: Gyptis plurisetis Hilbig, 1992, Microphthalmus sp., Ophiodromus puggetensis (Johnson, 1901), Podarkeopsis cf. levisfuscina Perkins, 1984, Syllidia armata Quatrefages, 1865 e de Pilargidae: Ancistrosyllis cf. carolinensis Gardiner, 1976, Ancistrosyllis jonesi Pettibone, 1966, Cabira incerta Webster, 1879, Litocorsa antennata Wolf, 1986, Loandalia tricuspis (Muller, 1858), Pilargis berkeleyae Monro, 1933, Pilargis maculata Hartman, 1947, Sigambra cf. wassi Pettibone, 1966, Sigambra grubei (Muller, 1858), Sigambra ocellata (Hartmann-Schroder, 1959), Sigambra tentaculata (Treadwell, 1941) e Synelmis albini (Langerhans, 1881). No entanto, a confirmação destes táxons necessita de exame de material-tipo e da colaboração de especialistas nestas famílias. Este projeto tem o objetivo de examinar os pilargídeos e hesionídeos provenientes dos programas Biota/Fapesp - Bentos Marinho e Revizee/Score Sul - Bentos. Compará-los com holótipos e parátipos e, desta forma, ratificar o compromisso assumido com o assessor do processo de pós-doutorado (02/04104-0), no qual fica enfatizado o fato de que a análise de material-tipo é imprescindível na solução de problemas taxonômicos e de que visitas aos locais de depósito são fundamentais para o bom andamento deste estudo. (AU)