Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da proteína SET em carcinoma de célula escamosa de cabeça e pescoço

Processo: 05/03380-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 20 de abril de 2006
Vigência (Término): 19 de setembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Andréia Machado Leopoldino
Beneficiário:Andréia Machado Leopoldino
Anfitrião: J. Silvio Gutkind
Instituição-sede: Pessoa Física
Local de pesquisa : National Institutes of Health, Bethesda (NIH), Estados Unidos  
Assunto(s):Neoplasias de cabeça e pescoço   Neoplasias de células escamosas

Resumo

Carcinoma de célula escamosa de cabeça e pescoço é um dos tipos de câncer mais comum em todo o mundo, representando um problema de saúde internacional. Pacientes em estágios iniciais frequentemente exibem poucos sintomas, resultando no diagnóstico tardio e diminuição da sobrevida. O desenvolvimento de um tumor primário de cabeça e pescoço significa um maior risco de tumores secundários. Estes dados tornam o câncer de cabeça e pescoço um grupo de tumores especialmente interessante para ser estudado por técnicas de genômica e proteômica. A análise comparativa de perfis de tumores e tecidos normais permite a identificação de novos marcadores que podem distinguir células normais de neoplásicas, e devem possibilitar novas estratégias de prevenção, prognóstico, diagnóstico, tratamento e monitoramento da doença. Os projetos “Analysis of gene expression in head and neck tumors using cDNA microarrays” and “Head and Neck Transcriptome” identificaram candidates a marcadores moleculares usando análises de RNA em HNSCC. Entretanto, agora é importante validar estes marcadores no nível proteico e entender seu papel na tumorigênese de cabeça e pescoço. Um destes marcadores, a proteína SET, tem sido estudada por nós e interessantes resultados têm sido obtidos. A proteína SET tem sido envolvida em diferentes eventos celulares, tais como inibição de fosfatase 2A que inibe a desfosforilação de histona H3 e promove o silenciamento gênico, regulação negativa do crescimento celular, através de vias como MEK/ERK e p21 (Cip1), via apoptótica neuronal e aumento de tau fosforilada relacionada ao Mal de Alzheimer, inibição do complexo de acetiltransferases que inibe acetilação de histonas o que inibe a desmetilação do DNA resultando em silenciamento gênico.O presente estudo pretende investigar o marcador molecular SET de carcinomas de célula escamosa de cabeça e pescoço que é importante para o diagnóstico, prognóstico e novas estratégias terapêuticas. Os objetivos específicos incluem: (1) validar a proteína SET como um marcador molecular de HNSCC; (2) estudar o papel da SET na regulação de proliferação celular e tumorigênese; (3) identificar as vias de sinalização e metabólica da SET que podem ser úteis como alvos terapêuticos. Para as nossas análises utilizaremos a coleção de amostras, linhagens celulares e facilidades do laboratório do Prof. Dr. Silvio Gutkind do National Institutes of Health (Oral and Pharyngeal Cancer Branch, DIR, NIH, EUA). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEOPOLDINO, ANDREIA M.; SQUARIZE, CRISTIANE H.; GARCIA, CRISTIANA B.; ALMEIDA, LUCIANA O.; PESTANA, CEZAR R.; SOBRAL, LAYS M.; UYEMURA, SERGIO A.; TAJARA, ELOIZA H.; GUTKIND, J. SILVIO; CURTI, CARLOS. SET protein accumulates in HNSCC and contributes to cell survival: Antioxidant defense, Akt phosphorylation and AVOs acidification. Oral Oncology, v. 48, n. 11, p. 1106-1113, NOV 2012. Citações Web of Science: 23.
LEOPOLDINO, ANDREIA M.; SQUARIZE, CRISTIANE H.; GARCIA, CRISTIANA B.; ALMEIDA, LUCIANA O.; PESTANA, CEZAR R.; POLIZELLO, ANA C. M.; UYEMURA, SERGIO A.; TAJARA, ELOIZA H.; GUTKIND, J. SILVIO; CURTI, CARLOS. Accumulation of the SET protein in HEK293T cells and mild oxidative stress: cell survival or death signaling. Molecular and Cellular Biochemistry, v. 363, n. 1-2, p. 65-74, APR 2012. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.