Busca avançada
Ano de início
Entree

O impacto da suplementação com ferro nos níveis sanguíneos de chumbo, em crianças expostas a diferentes níveis de chumbo

Processo: 00/02296-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 29 de maio de 2000
Vigência (Término): 28 de junho de 2000
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Patricia Helen de Carvalho Rondó
Beneficiário:Patricia Helen de Carvalho Rondó
Anfitrião: Andrew Tomkins
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : London School of Hygiene and Tropical Medicine, Inglaterra  
Assunto(s):Suplementação alimentar   Alimentação infantil   Ferro na dieta   Deficiência de ferro   Anemia ferropriva   Intoxicação por chumbo   Crianças

Resumo

Crianças portadoras de deficiência de ferro/anemia ferropriva, apresentam uma maior probabilidade de intoxicação por metais pesados, como o chumbo. Provavelmente, a causa mais comum da contaminação por chumbo no Brasil é a poluição industrial e a clandestinidade no processamento de reciclagem de baterias e materiais contendo chumbo, assim como de depósitos de resíduos industriais. A intoxicação por chumbo tem numerosos efeitos no sistema hematopoiético, induzindo o aparecimento de anemia, principalmente em crianças, devido ao comprometimento nas sínteses da globina e do HEME. Apesar da toxicidade por chumbo e a deficiência de ferro agirem em diferentes etapas na biossíntese do HEME, o grau de anemia produzida por ambos fatores é muito maior do que a desencadeada por cada um deles isoladamente, sugerindo uma ação sinergística. Em decorrência da elevada prevalência da deficiência de ferro/anemia ferropriva e da escassez de dados em relação a interação do ferro e chumbo propõe-se o presente estudo de intervenção, para comparar o impacto da suplementação de ferro nos níveis sangüíneos de chumbo em populações de crianças pré-escolares expostas a diferentes níveis de chumbo. Cerca de 520 crianças de pré-escolas dos municípios de Suzano, Guarulhos e Jundiaí, serão selecionadas para avaliação dos indicadores do estado nutricional de ferro e dos níveis de chumbo sangüíneos ao início e final da suplementação com ferro. As crianças com deficiência de ferro e anêmicas serão suplementadas diariamente, pelo período de 4 meses, com ferro na forma quelada. Também serão coletados dados referentes a dieta, antropometria, condições de contaminação ambiental por chumbo (solo, água e alimentos produzidos no local), etc. (AU)