Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização estrutural de gliconjugados glicosilfosfatidilinositol ancorados imunologicamente relevantes de formas tripomastigotas e amastigotas de Trypanosoma cruzi

Processo: 96/04260-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 10 de setembro de 1996
Vigência (Término): 09 de setembro de 1998
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunoquímica
Pesquisador responsável:Igor Correia de Almeida
Beneficiário:Igor Correia de Almeida
Anfitrião: Michael Anthony John Ferguson
Instituição-sede: Pessoa Física
Local de pesquisa : University of Dundee, Escócia  
Assunto(s):Glicoconjugados   Glicosilfosfatidilinositóis   Amastigotes   Trypanosoma cruzi

Resumo

O Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas, apresenta na sua membrana plasmática uma grande quantidade e variedade de glicoconjugados contendo âncora de glicosilfosfatidilinositol (GPI). Estes glicoconjugados parecem desempenhar um papel relevante nos processos de adesão e invasão de células hospedeiras. Alguns desses compostos têm sido caracterizados estruturalmente apenas na forma epimastigota (não-infectante) do parasita. Entretanto, nas formas tripomastigotas e amastigotas, estágios do parasita responsáveis pela transmissão e manutenção da infecção crônica no homem, os glicoconjugados GPI-ancorados ainda são pouco estudados. O presente projeto tem como objetivo a determinação da estrutura (química completa dos glicoconjugados GPI-ancorados do tipo mucina de tripomastigotos; bem como a identificação e caracterização de outros glicoconjugados relevantes de tripomastigotos e amastigotos. Ainda, o atual projeto visa a determinação das regiões ou domínios nesses glicoconjugados que sejam responsáveis pelas suas atividades biológicas e/ou imunológicas. (AU)